sexta-feira, março 09, 2007

09.03.07






Dois dedos vagarosos vão desenhando estas linhas…Palavras, e as palavras vão chegando e correm às catadupas, em correntes de fulgor e alegria por ti, por quem desejo.Ainda perplexa, murmuro se será possível, em tempo como este, entre o dia e a noite, tocar contigo, momentos de um amor etéreo?Despojam-se palavras incrédulas como se acordasse para um mundo desconhecido, mas ternamente doce onde o crer que me segura a vida não deixa que a tristeza me toque, porque sei que nunca estarei só enquanto habitares os meus pensamentos

gosto de ti*

1 comentário:

tita disse...

ora bem.. isso foi escrito por mim...*)
mas poderia ter sido escrito por ti.. apenas difiro de ti pq sou capaz de brincar cas palavras e fazer coisas bonitas, mas o sentimento q nutrimos um pl outro e' igual.. *)